3º Seminário Programa Madeira é Legal

Evento avalia ações de incentivo ao uso de madeira legal em São Paulo

Seminário “Programa Madeira é Legal” conta com a participação de Ricardo Teixeira - Secretário Municipal do Verde e Meio Ambiente e Bruno Covas - Secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo

No dia 30 de outubro (quarta-feira), a cidade de São Paulo sedia o 3º Seminário “Programa Madeira é Legal”. Lançado em 2009, o Programa tem o objetivo de incentivar e promover o uso da madeira de origem legal e certificada na construção civil no Estado e no Município de São Paulo por meio da cooperação técnica e institucional entre os parceiros envolvidos. O evento, que tem entrada gratuita, acontece, das 8h30 às 13h, no Auditório da Secretaria de Meio Ambiente – Av. Professor Frederico Hermann Jr., 345. Pinheiros.
                 
Entre outros temas, o analista de Conservação Sênior da WWF-Brasil, Ricardo Russo, fará uma retrospectiva dos quatro anos do Programa Madeira É Legal; a advogada Denise Cavalcanti e a bióloga Andrea Brito de Maceno da Secretaria Estadual de Meio Ambiente irão abordar a inserção da certificação florestal como requisito exigido para os produtos consumidos pela Administração estadual pelo Programa de Contratações Públicas Sustentáveis do Estado de São Paulo e o Mecanismo de funcionamento do CADMADEIRA -  Cadastro Estadual das Pessoas Jurídicas que comercializam, no Estado de São Paulo, produtos e subprodutos de origem nativa da flora brasileira (Decreto Estadual nº 53.047/2008), e como essa ferramenta vem sendo exigida nos editais dos órgãos estaduais nos últimos anos.

Carolina Reis, relações governamentais da RAA (Rede Amigos da Amazônia) e membro do Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas (GVceapg), dará uma palestra sobre o sistema de monitoramento participativo do Protocolo Madeira É Legal), Fabíola Zerbini,  secretária executiva do FSC-BR (Forest Stewardship Council Brasil) irá apresentar dados atualizados do uso de madeira certificada no setor da construção civil.

Destaque para os lançamentos das publicações “Catálogo de madeiras brasileiras para a construção civil” e “Comercio de Madeira – Caminhos para o uso responsável”.

Participam também do encontro Bruno Covas, Secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo; Ricardo Teixeira, Secretário Municipal do Verde e Meio Ambiente; Dimitrios Paleologos, vice-presidente do SINDIMASP (Sindicato do Comércio Atacadista de Madeiras do Estado de São Paulo); Sergio Watanabe, presidente do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo, Fernando Landgraf, diretor presidente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), ente outros.
 

Inscrições e programação completa no hotsite: http://anggulo.com.br/madeiralegal/programa.html

Sobre o Madeira é Legal

Criado em março de 2009, com a assinatura de um protocolo de cooperação por 23 signatários, o “Programa Madeira é Legal“ é resultado de uma iniciativa de empresas e entidades do setor madereiro e da construção civil, da sociedade civil e dos governos estaduais e municipais de São Paulo.

O Programa visa a incentivar e promover o uso da madeira de origem legal e certificada na construção civil no Estado e no Municipio de São Paulo por meio da cooperação técnica e institucional entre os parceiros envolvidos. Seu objetivo é viabilizar, de forma transparente, a adoção de um conjunto de ações que promovam o uso da madeira legal através da promoção do envolvimento e capacitação de associações de classe, produtores e distribuidores de madeira; desenvolvimento de mecanismos de controle; incentivo ao monitoramento da madeira e o uso de madeira certificada nos departamentos de compras do setor público e privado do Estado. 
 

Realização

  

Parceiro

Apoio

Apoio Institucional