FSC Brasil realiza o primeiro encontro com o Comitê Rio 2016 e fornecedores de produtos florestais

17/04/2014 - Por FSC Brasil

 

Em função do calendário de compras do Comitê e do primeiro edital ser para móveis e acessórios, os convidados para este encontro foram fornecedores da cadeia produtiva moveleira

O FSC Brasil realizou o primeiro encontro com o Comitê Rio 2016 e fornecedores de produtos florestais, no dia 16 de abril, na Sala Itaú da FGV - Fundação Getúlio Vargas. Estiveram presentes quase 70 participantes, entre certificadoras, consultores e fornecedores de matérias-primas.

A reunião teve início com uma breve introdução feita por Fabíola Zerbini, secretária executiva do FSC Brasil e uma rodada de apresentação dos participantes presentes. Em seguida, Fernanda Lima, analista de sustentabilidade do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, apresentou o Programa de Gestão de Sustentabilidade do Comitê, seus princípios, responsabilidades e conceitos centrais de excelência e liderança, além do programa com comunidades e governo e alguns projetos especiais.

Fabíola fez uma fala sobre os princípios e funcionamentos do FSC e sobre a parceria entre o FSC Brasil e o Comitê Organizador Rio 2016, destacando o acordo de que toda a madeira e produtos de origem florestal, adquiridos pela organização do evento, tais como, estruturas temporárias, mobiliários, materiais de comunicação e papelaria, serão 100% certificados.

Já estão disponíveis para download, no portal de suprimentos Rio 2016, alguns guias práticos para os fornecedores dos jogos, entre eles o Guia da Cadeia de Suprimentos Sustentável e o Guia de Produtos Madeireiros – este último foi elaborado em conjunto com o FSC Brasil. Entre aqui para fazer o download. Durante o coffee break, foi feita uma rodada de negócios entre certificadoras, consultores e fornecedores da cadeia produtiva de móveis em madeira.

Terminando a rodada de negócios, Marina Mantuano, analista de suprimentos do Comitê, apresentou o 1º edital para aquisição e gerenciamento de projetos de FF&E (Furniture, Fixtures and Equipments / Móveis, Acessórios e Equipamentos) e explicou o funcionamento das concorrências, gestão dos contratos e o plano de compras da 1ª onda de produtos.

No final foi aberto um debate com perguntas para o Comitê, onde todos puderam se colocar e esclarecer dúvidas. Também foi debatido a priorização da madeira tropical e o apoio aos pequenos produtores e comunitários nos projetos especiais.

Realização

  

Parceiro

Apoio

Apoio Institucional

                                                                                                                                                                 

Educação Executiva Presencial, Customizada e a Distância

                                                                                                                                                70 Anos FGV            FGV Notícias         FGV News