Pará promove primeira feira da agricultura familiar da Amazônia Legal

 

AgroNotícias - 15 de maio de 2012

O Pará será palco da primeira edição da Feira da Agricultura Familiar da Amazônia Legal. O evento, que vai reunir em Belém representantes dos nove estados da Amazônia Legal, acontecerá no Hangar Centro e Convenções e Feiras da Amazônia, de 25 a 27 de maio. A Agrifal chega com a proposta de colocar em uma vitrine interativa as experiências agrícolas familiares dos estados do: Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Matogrosso, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins. Na oportunidade, o consumidor poderá comprar tudo in natura, ou artesanalmente processado, por preços muito menores do que os observados nas feiras de Belém. Além disso, todos os produtos, muitos deles orgânicos, têm qualidade garantida pelo acompanhamento da Emater.

Sob a temática, “Interagindo a sociobiodiversidade, a segurança alimentar e o desenvolvimento rural sustentável”, a feira servirá como um veículo em potencial de interação e comunicação entre a comunidade agricultora familiar e a sociedade civil organizada, mediada pelo relevante papel da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), pública no âmbito estadual. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), 70% dos alimentos que abastecem a mesa e a indústria paraense vêm da mão de obra da agricultura familiar nos 144 municípios do estado.

A Agrifal apresentará seis ilhas temáticas: ilha da sociobiodiversidade e turismo rural, ilha da fruticultura, floricultura e orgânicos, ilha dos pequenos e grandes animais, ilha da mandioca e derivados, ilha da bioenergia, ilha da mulher rural. Cada ilha propiciará ao público em geral, conhecer e interagir com informações orais, textuais e visuais sobre o processo produtivo dos empreendimentos familiares na região. A programação ainda contará com armazéns de serviços, palestras e oficinas como a cozinha saudável que vai apresentar, entre outros, os produtos da agricultura familiar na alimentação escolar. A oficina será destinada prioritariamente aos profissionais da área de nutrição e merendeiras das escolas públicas estaduais e municipais. A oficina é um incentivo a lei que determina que o mínimo de 30% dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), sejam destinados a compra de produtos oriundos da agricultura familiar.

Outra coisa interessante será a oportunidade do consumidor conhecer a história humana por trás de cada produto, comprando diretamente do produtor e entendendo, com a ciceronagem da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), qual projeto, política ou programa governamental ampara aquela situação produtiva.

O evento contará ainda com a exposição de uma das inovações da Emater, o Modelo Rural. Instalado numa área de 450metros quadrados, o projeto mostrará atividades focadas na diversificação de produção e no aproveitamento de cultivos em pequenos espaços, que tem demonstrado expressivos resultados. A feira também traz uma longa programação cultural que inclui shows artísticos como: Charme do Choro, Nilson Chaves e Arraial do Pavulagem.

Presente em todos os municípios paraenses, a Emater tem a missão de contribuir com soluções para a agricultura familiar com serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, baseado nos princípios éticos e agroecológicos . A empresa desenvolve tecnologias e utiliza, além do conhecimento acadêmico, a experiência tradicional do próprio homem do campo.

Em 2011 a Emater atendeu mais de 122 mil agricultores familiares. Para este ano a expectativa da empresa é atender mais de 150 mil.

Realização

  

Parceiro

Apoio

Apoio Institucional